sexta-feira, 10 de julho de 2009

Poemas de Areia


Oh meus pequeno poemas de areia;
Na qual o teu olhar de ressaca
vem contra eles os derrubar;
fora pedra, e tornou-se tão leve
de tanto beijar o mar.
Meus sentimentos caminham sobre as águas
puros e sem mágoas;
Contempla-me com teu sorriso,
se não irei afogar,
em minhas palavras pervertidas
pensando que já sei amar;
Esvaira-se pelo o ar...
A brisa está a murmurar:
Vem viver junto de mim
minha Rainha, no castelo que para ti
eu Escrevi, e dentro do peito,
com medo, das suas ondas escondi.

4 comentários:

Karina disse...

É cada um melhor que o outroo!! =D.. Parabéns!!

Anônimo disse...

lindo seus poemas nunca me canso de revelos continue assim

bjoss mila ^^

Camila disse...

lindo seus poemas nunca me canso de revelos continue assim

bjoss mila ^^

Camila disse...

lindo seus poemas nunca me canso de revelos continue assim

bjoss mila ^^